1887

Abstract

Reservatórios de óleos pesados ou parafínicos em terra podem apresentar relaçőes custo/benefício satisfatórias a explotaçăo, apesar das dificuldades de produçăo. A extraçăo deste tipo de óleo em aguas profundas envolve dificuldades e custos muito superiores aos de operaçőes em terra, tomando desejavel a obtençăo de informaçőes a priori sobre o tipo de óleo no intuito de otimizar investimentos. Avaliou-se a sensibilidade do métoda sísmico a previsao do tipo de óleo tomando-se tręs casos de reservatórios distintos: areia limpa, arenito pouco consolidado e arenito bem consolidado e analisando-se seus comportamentos sísmicos para diferentes tipos de óleos através de modelagens petrofísicas e sísmicas, Observa-se que a influęncia do fluido sobre as propriedades sísmicas do reservatório depende mais do grau de consolidaçăo da rocha do que da porosidade, de forma que a determinaçăo do tipo de óleo pelo metoda sísmico e facilitada no caso de areias e arenitos pouco consolidados. A aplicaçăo da técnica de AVO acrescenta rnais informaçőes ao processo, embora a parte rnais relevante das informaçőes esteja contida nos coeficientes de reflexăo para incidęncia normal. Com dados reais, tal deterrninaçăo é dificultada limitando-se a previsőes qualitativas que devem ser acompanhadas de esforços de calibraçăo dos atributos sísmicos, petrofísicos e litológicosó

Loading

Article metrics loading...

/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.299.107
1997-11-07
2022-01-20
Loading full text...

Full text loading...

http://instance.metastore.ingenta.com/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.299.107
Loading
This is a required field
Please enter a valid email address
Approval was a Success
Invalid data
An Error Occurred
Approval was partially successful, following selected items could not be processed due to error