1887

Abstract

O Campo Magnético terrestre tem sido objeto, intensamente nos últimos 35 anos, de numerosas mediçőes cobríndo quase toda a superfície do planeta. Seja em termos do módulo, seja em termos da direçăo espacial, o vetor de Campo, a Induçăo Magnética, e exprimível por uma funçăo exponencial, que pode ser analisada, como qualquer funçăo contínua e derivavel, por uma expansăo, por uma expansăo em Série de funçőes harmonicas, o harmonico dominante da Série, que isoladamente contribue com a maior parcela de Induçăo Magnética, em cada medida, isto é, tanto em módulo como em orientaçăo, ou de um par solidário de dipolos magnéticos, de Momentos desiguais, em qualquer caso no interior do Núcleo.

Loading

Article metrics loading...

/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.316.38
1991-10-28
2021-12-05
Loading full text...

Full text loading...

http://instance.metastore.ingenta.com/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.316.38
Loading
This is a required field
Please enter a valid email address
Approval was a Success
Invalid data
An Error Occurred
Approval was partially successful, following selected items could not be processed due to error