1887

Abstract

O estudo dos mapas de isópacas da porçăo norte do Platô de Pernambuco e do trecho da Bacia Oceânica do Brasil adjacente, apresenta a evoluçăo geológica-sedimentar mesozóica-cenozóica desta regiăo. O trabalho teve como base a interpretaçăo de todas as seçőes de sísmica de reflexăo perfiladas na regiăo (Fig. I), e faz parte de uma série de pesquisas geofisicas que vem sendo realizadas na área em estudo pelo LAGEMAR/UFF nos últimos anos. As principais sequęncias sedimentares e fases erosivas e/ou deposicionais do platô foram definidas por Alves e Costa (1986) e as da bacia por Costa e outros (1991). Dos quatro grandes refletores detectados no plato e na bacia o mais profundo corresponde ao embasamento cristalino, que segundo Costa e Maia (1986) é de origem continenta/transicional no platô e de origem oceânica na bacia. Os outros tręs refletores do platô e da bacia associamse a discordâncias, que delimitam sequęncias sedimentares definidas em toda a regiăo (Fig.2).

Loading

Article metrics loading...

/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.324.1249
1993-11-07
2021-10-25
Loading full text...

Full text loading...

http://instance.metastore.ingenta.com/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.324.1249
Loading
This is a required field
Please enter a valid email address
Approval was a Success
Invalid data
An Error Occurred
Approval was partially successful, following selected items could not be processed due to error