1887

Abstract

A Bacia do Parnaíba está localizada na porçăo noroeste da Regiăo Nordeste do Brasil; abrange área de cerca de 600.000 km2 e engloba grandes áreas dos estados do Maranhăo e do Piauí, partes dos estados do Pará e do Tocantins (Figura 1) e, ainda pequenas partes dos estados do Ceará e da Bahia (Della Fávera, 1990). Os folhelhos da Fm. Pimenteiras săo considerados os principais geradores da Bacia do Parnaíba. Essas rochas foram depositadas durante um evento anóxico ocorrido no Devoniano (Rodrigues, 1995). Săo também considerados geradores potencias os folhelhos da Fm. Tianguá (Siluriano) e Longá (Devoniano-Fameniano) (ANP, 2002). A migraçăo foi facilitada pela ocorręncia de falhas decorrentes dos efeitos da orogenia Eoherciniana e uma fase tectônica tardia, ocorrida durante o evento transpressivo do Cretáceo, representado por falhas de perfil reverso. A eficięncia da migraçăo foi comprovada por poços na área, nos arenitos da Fm. Poti, sotopostos ŕ espessa soleira de diabásio intrudida nos folhelhos da Fm. Pimenteiras. Também ocorre espessa zona de gás em arenitos da Fm. Cabeças. O trapeamento dos reservatórios principais portadores de gás, na área em questăo, consiste em uma estrutura quaquaversal. Esse trapeamento foi formado por esforços orogęnicos no eocarbonífero. Os falhamentos originados durante esse evento foram posteriormente reativados como falhas de perfil reverso, durante o evento transpressivo do Cretáceo. As espessas intrusőes de diábasio formam o principal selo para os arenitos da Fm Poti, portanto o imageamento melhorado destes refletores na sísmica, torna-se imprescindível para identificaçăo de futuros leads na bacia. Para os reservatórios portadores de gás da Fm. Cabeças, o selo efetivo săo os folhelhos da Fm. Longá (Vaz et al., 2007). Admite-se que as intrusőes ígneas de diabásio ocorreram concomitantemente com evento tectônico que propiciou a formaçăo de trapas estruturais e a geraçăo e migraçăo de hidrocarbonetos. Tectonismos posteriores remobilizariam hidrocarbonetos já trapeados e formariam trapas para eventual geraçăo tardia de hidrocarboneto.

Loading

Article metrics loading...

/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.341.115
2012-11-27
2021-10-24
Loading full text...

Full text loading...

http://instance.metastore.ingenta.com/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.341.115
Loading
This is a required field
Please enter a valid email address
Approval was a Success
Invalid data
An Error Occurred
Approval was partially successful, following selected items could not be processed due to error