1887

Abstract

Como parte de um projeto de pesquisa de Energia Geotérmica dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, apresentamos neste trabalho resultados de uma reavaliaçăo do gradiente geotérmico de dois poços da cidade de Săo Domingos do Prata em Minas Gerais. Estes poços foram perfilados em 1977 e constam da base de dados do Laboratório de Geotermia do Observatório Nacional/MCT do Rio de Janeiro. Para a determinaçăo do gradiente, na nova avaliaçăo, foram utilizados os métodos CVL (convencional) e CBT (temperatura estável de fundo de poço). Foram realizados, ainda, levantamentos de temperaturas mais antigas registradas em superfície, na tentativa de minimizar os efeitos de perturbaçőes térmicas causadas por mudanças climáticas e aquecimento global, no sentido de determinar gradientes térmicos mais consistentes. Os gradientes geotérmicos obtidos estăo situados num intervalo de 16,8 e 22,8 şC/km. Os dados obtidos indicam que esta regiăo é caracterizada por gradientes geotérmicos relativamente baixos, inclusive o local está situado na Província Mantiqueira, regiăo geologicamente estável do tipo pré-cambriana. O valor médio do gradiente geotérmico dos dois locais da cidade de Săo Domingos do Prata foi de 19,8 ± 2,4 şC/km.

Loading

Article metrics loading...

/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.341.61
2012-11-27
2021-10-27
Loading full text...

Full text loading...

http://instance.metastore.ingenta.com/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.341.61
Loading
This is a required field
Please enter a valid email address
Approval was a Success
Invalid data
An Error Occurred
Approval was partially successful, following selected items could not be processed due to error