1887

Abstract

Este trabalho apresenta os resultados dos estudos em petrografia, geologia estrutural e geotectônica da Cadeia Peridotítica de Săo Pedro Săo Paulo, Oceano Atlântico Equatorial. A Cadeia Peridotítica é dividida por um graben em Elevaçăo Norte e Elevaçăo Sul. A Elevaçăo Norte aflora peridotito milonitizado com intensa deformaçăo, enquanto a Elevaçăo Sul expőe peridotito năo deformado. A plataforma de abrasăo marinha flandriana e as dataçőes 14C para as algas calcáreas indicam uma taxa do soerguimento ativo de 1.5 mm/ano. As fraturas tectônicas e mecanismos focais de alguns terremotos apontam a existęncia do esforço de compressăo norte-sul. O esforço de compressăo é originado da discordância nas direçőes entre a falha transformante e o movimento transcorrente das placas. Neste sentido, a Cadeia Peridotítica corresponde ŕ cadeia de pressăo da Falha Transformante de Săo Paulo. Os estudos petrográfica e estrutural indicam que a Elevaçăo Sul é originada de um megamullion antigo e a Elevaçăo Norte, uma falha transformante antiga. Ambas tęm sido submetidas ŕ deformaçăo tectônica ativa pela compressăo norte-sul. O manto abissal da Elevaçăo Norte tem sido comprimido, deformado e soerguidos desde uma profundidade sub-crustal até o nível do mar nos últimos 8 milhőes de anos. Este tectonismo peculiar é causado pelo surgimento de um novo segmento de cadeia meso-oceânica e o conseqüente salto do contato de placas.

Loading

Article metrics loading...

/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.341.93
2012-11-27
2021-06-13
Loading full text...

Full text loading...

http://instance.metastore.ingenta.com/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.341.93
Loading
This is a required field
Please enter a valid email address
Approval was a Success
Invalid data
An Error Occurred
Approval was partially successful, following selected items could not be processed due to error