1887

Abstract

Durante as tempestades magnéticas a ionosfera nas regiões equatorial e de baixa latitudes podem sofrer fortes<br>alterações em altura e concentração de plasma através de mecanismos ainda não muito bem conhecidos,<br>principalmente nos casos de tempestades magnéticas de alta intensidade. Este trabalho apresenta os efeitos inéditos<br>de cerca de três ocorrências de tempestades magnéticas muito intensas, sobre Fortaleza (região equatorial) e<br>Cachoeira Paulista (baixa latitude), ocorridas em dezembro de 1980, abril de 1981 e setembro de 1982, oferecendo uma<br>oportunidade única de se comparar os referidos efeitos nas duas regiões geográficas aqui consideradas. Fortíssimas<br>variações da altura da camada F foram registrados em ambas localidades, como decorrentes tanto da penetração de<br>campos elétricos em baixas latitudes oriundos de altas latitudes (região auroral) como também efeitos, ao pôr do sol, de<br>inibição da subida da camada na região equatorial decorrente da ação do do efeito dínamo perturbado.

Loading

Article metrics loading...

/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.215.sbgf118
1999-08-15
2021-11-29
Loading full text...

Full text loading...

http://instance.metastore.ingenta.com/content/papers/10.3997/2214-4609-pdb.215.sbgf118
Loading
This is a required field
Please enter a valid email address
Approval was a Success
Invalid data
An Error Occurred
Approval was partially successful, following selected items could not be processed due to error